sábado, 23 de setembro de 2017

Câmara concede o Título de Cidadão Caçapavano a Roberto Mayora (Caturra)

Na noite desta sexta-feira, dia 22, a Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul outorgou o Título de Cidadão Caçapavano, ao Desportista Roberto Corrêa Mayora (Caturra). A solenidade foi por indicação do vereador Luis Fernando Torres (Boca).
Caturra é natural de Bagé, mas reside em Caçapava desde os 3 anos de idade.O homenageado se destacou na área esportiva, principalmente jogando pleo Aymore Futebol Clube.
Durante a cerimônia, Mayora se emocionou em falar sobre Caçapava do Sul e disse que ama esta cidade que lhe acolheu há muitos anos.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Polícia Civil de Caçapava começa a receber denúncias via WhatsApp

A Polícia Civil de Caçapava do Sul está disponibilizando à comunidade um número de Whatsapp para o envio de informações e denúncias, reservando o sigilo total da fonte. 
A delegacia ainda não tinha o aplicativo tendo em vista os aparelhos fornecidos pelo estado serem antigos. Mas agora com a doação de um smartphone, imediatamente foi colocado à disposição dos cidadãos esse canal de comunicação. 
Toda e qualquer denúncia podem ser feitas pelo número  55 9.8451.1690, que é o mesmo do sobreaviso policial.

Rua 15 de Novembro recebe caminhada em alusão à Semana Nacional do Trânsito

O departamento de Trânsito realizou uma caminhada em alusão à Semana Nacional do Trânsito nesta sexta-feira, 22. 
A Caminhada teve início no CTG Sentinela dos Cerros, com a participação da Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e escolas do Município, Estado e particulares e demais entidades.
O Diretor de Trânsito Adão Naldo Pereira participou da passeata acompanhado dos Secretários Marcelo Freitas (Seagropic) e Paulo Henriques (Obras) e seu adjunto, Ariovaldo Gomes. O vereador Paulinho Pereira também marcou presença.
A Semana Nacional do Trânsito vai de 18 a 25 de Setembro e o tema escolhido para a Campanha Nacional 2017 foi “Minha Escolha Faz a Diferença no Trânsito”.
"A ideia é mobilizar a cidade dentro da proposta e refletir sobre as escolhas básicas no trânsito como uso do cinto de segurança, o uso indevido do celular que ocasiona falta de atenção ou mesmo ingestão de bebida alcoólica, que é proibido”, relatou Naldo.

Vereadora inicia ciclo de palestras sobre proteção aos animais e posse responsável

A vereadora Márcia Gervásio iniciou um ciclo de palestras sobre proteção aos animais e guarda responsável. A vereadora já esteve na escola Dagoberto Barcelos e na Emei Dionéia Soares. Os encontros acontecerão nos meses de setembro e outubro.
Segundo a vereadora, o projeto consiste em educação para a posse responsável e chamar a atenção para os cuidados com a causa animal, que está diretamente ligada à saúde pública.
Em outubro, de 04 a 11 acontecerá a Semana Municipal de Proteção e Guarda Responsável. No dia 11, às 14 horas, será realizada a "Cãominhada" na rua 15 de Novembro, com a participação de escolas, entidades e público em geral,  que desfilarão com seus cães.
Também está confirmada a festa "Rock pra Cachorro" dia 07, no CUC às 23h, com shows de bandas de rock e DJ. A renda desta festa será revertida a ONG Clube do Cão.

Entidades participam de audiência pública sobre estradas e fazem críticas ao Poder Público

Na noite desta quinta-feira, dia 21, a Assembleia Legislativa do Estado, através da Sobcomissão de Estradas Rurais, realizou uma audiência pública em Caçapava do Sul, com o apoio da Câmara de Vereadores, através da Mesa Diretora e do Vereador Luis Fernando Torres, que solicitou a audiência.
O encontro está sendo realizado em várias cidades do Rio Grande do Sul, comandada pelo Presidente da Comissão, Deputado Estadual Zé Nunes (PT), que terá o prazo de quatro meses para fazer todas as audiências e apresentar um relatório que vai apontar algumas alternativas para ajudar os municípios que enfrentam este problema.
O debate em Caçapava do Sul foi exclusivo sobre estradas rurais, onde participaram representantes de vários municípios da região, principalmente de Bagé, Candiota, São Sepé, Lavras do Sul e entidades de Caçapava do Sul, como o Sindicato Rural e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
O Prefeito Giovani Amestoy esteve na abertura da audiência e falou da importância deste debate e que atualmente os municípios estão sofrendo com a falta de recursos e a Secretaria de Obras trabalha com 100% de seu orçamento com recurso livre, sem verba vinculada como outras pastas. Além disso, o Prefeito mencionou que Caçapava possui quase 7 mil km de estradas rurais. 
O Deputado Zé Nunes antes de passar a palavra para o público apresentou o objetivo das audiências e um resumo do trabalho da Sobcomissão. Na sequência o vereador Luis Fernando Torres usou da palavra para ressaltar o problema enfrentado por Caçapava na questão das estradas e disse que os municípios devem trabalhar para amenizar esta questão, mas precisam de ajuda do Governo do Estado e da União.
O Sindicato dos Trabalhadores Rurais fez uma crítica à administração pública no planejamento da Secretaria de Obras, principalmente na logística de deslocamento das turmas até o interior e o serviço que em muitos casos não agrada os produtores rurais.
Já o Sindicato Rural cobrou da Prefeitura um planejamento para o conserto das estradas, principalmente no período da safra. Segundo a entidade, agora em outubro inicia o plantio em muitas localidades e existem regiões que ainda não foram atendidas neste ano.
“Nós queremos saber do planejamento da Secretaria de Obras para a safra, como a criação de um cronograma de trabalho que atenda desde agora não só em janeiro, porque não vai dar tempo novamente de atender todos”, disse Christian Schievelbein.
O vereador Luis Fernando Torres, que foi proponente da audiência junto a Assembleia, disse que a Secretaria de Obras nunca teve planejamento e que o produtor rural só pede estrada e nada mais. “Contar com a ajuda da União e do Estado fica difícil, porque os governos não conseguem nem pagar o salário, imagina ajudar os municípios na questão das estradas, por isso, que a Prefeitura deve se organizar melhor e ter prioridades e planejamento”, disse.
O presidente da Câmara, Ricardo Rosso, disse que foi aprovada pela Câmara há quatro meses um projeto de lei concedendo 50% de gratificação aos servidores da Secretaria de Obras que trabalham no interior, “por isso, que vamos fiscalizar esta lei para saber se está sendo cumprida, para dar uma resposta aos dois Sindicatos que estão cobrando um planejamento da Secretaria de Obras e estão questionando a logística do trabalho”, disse o presidente.